Não incide contribuição previdenciária sobre vale-transporte



Por meio da Solução de Consulta COSIT nº 313/2019, a Receita Federal manifestou o entendimento de que não incide contribuição previdenciária sobre os valores pagos a título de vale-transporte por meio de vale-combustível ou semelhante, desde que limitada ao valor equivalente ao estritamente necessário para o custeio do deslocamento residência-trabalho e vice-versa, em transporte coletivo.


Ademais, o empregador somente poderá suportar a parcela que exceder a seis por cento do salário básico do empregado.


Caso deixe de descontar este percentual do salário do empregado, ou desconte percentual inferior, a diferença deverá ser considerada como salário indireto e sobre ela incidirá contribuição previdenciária e demais tributos.





NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUIVO DE NOTÍCIAS

TEMAS